Estratégia empresarial

O ponto crítico do planejamento a curto prazo!

Imprimir artigo
Imagine que você goste de correr, mas por algum motivo, passe 6 meses sem fazer essa atividade, e, depois desse tempo resolva começar novamente, estabelecendo um percurso com os mesmos 10 km que corria anteriormente.

Pode até ser que você consiga correr os 10 km, não na mesma velocidade de antes, mas que chegue até o final do percurso.

Como serão os dias seguintes? Você irá sentir dores. Seu corpo irá sentir as consequências do tempo que você ficou “parado”, pois você perdeu um pouco da aptidão física que tinha nesses 6 meses que se passaram.

Essa ação é insustentável para o seu corpo, pois você vai gastar toda a força e disposição que tem. O ideal é que você volte a correr pouco a pouco, começando com uma quilometragem menor e ir aumentando gradativamente até alcançar aos 10 km.

Como estamos em época de planejamento estratégico, precisamos analisar os resultados do ano que passou, para definir os objetivos do novo ano que virá.

Muitas empresas também começam uma atividade gastando todos os recursos que possui. Elas se concentram em objetivos que trazem resultados a curto prazo: bater metas de vendas mensalmente, fazer promoções para vender mais, demitir funcionários para cortar custos, entre outras.

Porém, todas essas ações podem prejudicar a experiência do cliente na empresa, trazendo lucros ruins. Para vender mais, por exemplo, podemos empurrar produtos e serviços desnecessários ao cliente.

Ao demitir funcionários e trabalhar com o quadro de pessoal “apertado”, não teremos pessoas que possam priorizar o atendimento aos clientes sempre que houver necessidade.

Buscar atingir um objetivo executando ações de curto prazo, pode até ser fácil, mas se pensarmos em continuidade, ele fica insustentável.

Os planos de ação precisam estar alinhados com a ferramenta estratégica “5W2H”: o “porquê” e “quando” fazer deve ser definido de acordo com o propósito da empresa. Depois, vamos definir o “como” e “onde” estes objetivos serão executados. E logo após, descrevemos “o que será feito” e “quanto irá custar”, para executar.

Quanto custou para meu corpo correr 10 km sem preparo físico? Quanto as ações tomadas pela empresa agora irão custar a longo prazo?

“o que fazer” e “quanto irá custar” do curto prazo impactará no quão longe você pode e vai chegar.

Da mesma forma que nosso corpo não aguenta grandes maratonas sem o devido preparo físico, a empresa também não aguenta as mudanças do mercado se não tiver preparação para sustentar todas as ações que são tomadas a curto prazo.

Para te apoiar ainda mais na construção de ações de curto e longo prazo do seu Planejamento Estratégico, tenho aqui o eBook  “Planejamento Estratégico: Garantindo o melhor resultado”.  Faça download clicando no botão abaixo:

 

Faça o download do eBook de Planejamento Estratégico

 

LAWTHER, James. Short-term Management.

banner-action-fazendo-planos-de-acao-melhores

Autor

Comentários

Posts Relacionados

← Post mais recente
3 perguntas para medir apenas o que é importante!