Gestão de processos

Ambientes de manufatura

Imprimir artigo
As atividades de gerenciamento da demanda devem combinar com a estratégia da empresa, com as capacidades de produção e com as necessidades dos clientes. Diferentes estratégias, capacidades e clientes definem diferentes ambientes de PPCP, onde as atividades de gerenciamento da demanda acontecem. Com o propósito de entender como as atividades diferem de um ambiente para outro devemos conhecer os ambientes de manufatura, que são classificados como:

  • MTS: fabricação para estoque (make to stock)
  • ATO: montagem sob encomenda (assemble to order)
  • MTO: fabricação sob encomenda (make to order)
  • ETO: engenharia sob encomenda (engineering to order)

O AMBIENTE MTS

No ambiente MTS são produzidos produtos padronizados baseados em previsões de demanda, onde nenhum produto customizado é produzido. Apresentam a vantagem da rapidez na entrega dos produtos mas costuma gerar altos níveis de estoques, pois as empresas estocam os produtos acabados.

O AMBIENTE ATO

O ambiente ATO ocorre sempre que as empresas conhecem os subconjuntos, mas o produto final é configurado pelo cliente. Geralmente as empresas costumam estocar os subconjuntos e após receber o pedido do cliente, montam o produto solicitado.

O AMBIENTE MTO

No ambiente MTO o produto final é desenvolvido a partir dos contatos com o cliente e os prazos de entrega tendem a ser longos, pois os produtos costumam ser projetados ao mesmo tempo que estão sendo produzidos. Esse ambiente é semelhante ao ETO e pode ser chamado de design to order.

O AMBIENTE ETO

No ambiente ETO ou engenharia sob encomenda, o projeto, a produção de componentes e a montagem final são feitos a partir de decisões do cliente. Portanto, não há possibilidade de serem mantidos estoques, já que o ETO é como se fosse uma extensão do sistema MTO.

A estrutura geral do sistema PPCP e dos ambientes de manufatura tem relação direta com as previsões, que irá direcionar para o tipo de ambientes de manufatura que a empresa terá.

A gestão da demanda reflete diretamente na estratégia competitiva da empresa e é de vital importância para o gerenciamento dos recursos e de todas as fontes de demandas, sejam elas independentes, pedidos de clientes ou reposição. Desta forma, os ambientes de manufatura possuem suas características que quando identificadas auxiliam no gerenciamento dos recursos, proporcionando a empresa melhores métodos para geri-los, criando desta forma vantagem competitiva.

 REFERÊNCIAS

MARTINS, Petrônio G; LAUGENI, Fernando P.. Administração da Produção. São Paulo: Saraiva, 2ª ed., 2006.

VOLLMANN, Thomas E. et al. Sistema de planejamento e controle da produção para o gerencimento da cadeia de suprimentos. Porto Alegre: Bookman, 5. Ed., 2005.

Autor

Comentários

Posts Relacionados

← Post mais recente
Ferramentas da Qualidade: Fluxograma - Aplicação que gera ganho...