Estratégia empresarial

O BSC e a relação de Causa e Efeito

o-bsc-e-a-relacao-de-causa-e-efeito

Imprimir artigo
Como o Davidson e a Monise já disseram por aqui, o BSC se divide em 4 perspectivas: Financeira, de Clientes, Interna ou de Processos e de Aprendizagem e Crescimento. Em cada perspectiva, você deverá traçar objetivos que te ajudem a alcançar a visão da sua empresa.  Do mesmo modo, você precisará de indicadores que digam se seus objetivos estão sendo atingidos ou não.

Estudando um pouco, percebi que o BSC ajuda a conduzir a história da organização e revelar muitas informações importantes sobre ela. Com ele, é possível saber se a estratégia da sua organização caminha bem ou se ela precisa de cuidados ou ações que a coloquem nos trilhos novamente.

Para explicar essa relação um pouco melhor, vou falar sobre o que é um Mapa estratégico e sobre como ele cria uma relação de causa e efeito entre indicadores, ações e objetivos.

O que é Mapa estratégico

Depois de você ter definido todos os objetivos estratégicos para cada perspectiva e ter estabelecido cada indicador que será avaliado, você e seus colaboradores terão um verdadeiro mapa para alcançar a estratégia. Vocês terão uma visão clara de onde atuar para impactar nos objetivos. Por exemplo, um colaborador saberá que para atingir um objetivo da perspectiva financeira, ele terá que trabalhar para melhorar o indicador ‘x’.

Por isso dizemos que o BSC fornece um mapa da estratégia (mapa estratégico), porque ele mostra de forma detalhada como cada indicador afeta cada objetivo estratégico da organização. Assim, saberemos exatamente quais são os efeitos de cada ação tomada, o que nos leva ao próximo tópico do meu texto.

Não é Ishikawa, mas o BSC também é Causa e Efeito

Tudo o que sua empresa conquistou até hoje é fruto de várias ações que ela executou ao longo do tempo. Por exemplo, se o seu time comercial está vendendo mais, não é por que você fez simpatia, jogou os búzios ou comprou um pé de coelho; mas sim, por um conjunto de fatores que resultaram no aumento das vendas. Por exemplo, a sua empresa desenvolveu produtos melhores, a equipe de vendas participou de treinamentos, a qualidade aperfeiçoou os processos, e assim vai.

Perceba que são várias causas que levaram a um efeito: o aumento das vendas. Com a estratégia é a mesma coisa, você tem que planejar as “causas” que irão impactar nos objetivos, levando aos “efeitos” (ou resultados) que você deseja.

Defina que história sua organização quer ter!

Lembra que lá no começo do texto eu falei que o BSC ajuda a conduzir a história da organização? Então, o bom e velho mapa estratégico do BSC liga todos os indicadores, objetivos e perspectivas, fazendo com que você e seus colaboradores enxerguem de forma mais visual as causas e os efeitos que eu citei no tópico anterior.

Na prática, é mais ou menos assim: você saberá que se o projeto x der certo, você estará mais próximo de alcançar o objetivo estratégico que está ligado a ele. Como se você realmente tivesse uma história sendo contada, e podendo trabalhar para que ela tenha o final que você espera.

A estratégia só funciona se tudo estiver conectado

Com a história da sua estratégia sendo contada no BSC, você terá uma gestão muito mais visual (que é o próprio mapa estratégico) apontando para quais serão os efeitos causados por um indicador alcançado ou não. O que inclusive ajuda a ajustar a execução da estratégia da sua empresa.

Sem uma ferramenta como o BSC, essa ligação entre indicadores e objetivos não fica clara, perdendo a essência de um bom planejamento estratégico: que é enxergar todos os meios necessários para chegar ao objetivo final. Mas, se você tiver algo organizando a estratégia da sua empresa, algo que te ajuda a entender melhor todos os fatores que influenciarão nos resultados da sua empresa, é muito mais fácil planejar e monitorar o que precisa ser feito.

 

Esse foi o meu primeiro artigo para o Blog, espero que você tenha gostado. Se você já usa o BSC na sua empresa ou acha que faltou falar alguma coisa aqui, deixe seu comentário 😉

Autor

Comentários

Posts Relacionados

bsc-desdobrando-objetivos-estrategicos-em-indicadores
← Post mais recente
BSC: desdobrando objetivos estratégicos em indicadores