Sistemas de gestão

ISO 9001:2015 – 7.1 Recursos (Parte 1)

iso-90012015-7-1-recursos-parte-1

Imprimir artigo
Na ISO 9001:2015, podemos encontrar todos os recursos que tornam possível a realização das atividades organizacionais no item 7 Apoio. Esse item, como o próprio nome diz, busca direcionar a gestão a fornecer meios de “apoiar” a execução, tornando possível às organizações atingir seus objetivos.

Já falei aqui no blog sobre o item 7.1.6 Conhecimento organizacional. Para dar continuidade ao item 7, vou retroceder um pouquinho e o artigo de hoje vai abordar um pouco sobre o requisito 7.1 Recursos.

A importância dos recursos

No dicionário, a palavra recurso pode ser entendida como “algo que serve para alcançar um fim”, ou seja, recurso é tudo aquilo que nos auxilia a alcançar algum objetivo. Este objetivo pode ser a realização de uma tarefa, a produção de um bem, a prestação de um serviço ou, de forma mais ampla, o alcance das metas organizacionais.

Suponhamos que você trabalhe em uma transportadora, se você não tiver os recursos certos, você não vai conseguir entregar nada para ninguém. Para começar, você precisará de um caminhão e de combustível. Depois, precisará de materiais para acondicionar o produto no baú do caminhão, para ele não chegar todo amassado e danificado ao destino. Por fim, precisará de um motorista habilitado, responsável e experiente.

Sem os recursos adequados, sejam eles materiais ou humanos, sua empresa jamais conseguirá realizar o que planejou, seja os processos ou até o alcance da visão da empresa.

7.1 Generalidades

A ISO 9001 estabelece que as empresas precisam “determinar e prover os recursos necessários para o estabelecimento, implementação, manutenção e melhoria contínua do sistema de gestão da qualidade”. Isso significa fornecer aos processos e colaboradores tudo aquilo que for necessário para a execução.

A ISO 9001:2015 ainda diz que as organizações devem considerar:

“ a) as capacidades e restrições de recursos internos existentes”

Você precisa avaliar, mensurar quais recursos são necessários e o que eles permitem executar para fazer o melhor uso possível deles. Além disso, você saberá quais recursos precisará adquirir para melhorar o funcionamento do seu SGQ e poderá se planejar para isso.

“ b) o que precisa ser obtido de provedores externos”

Depois que você avaliar seus recursos, se dará conta de que precisa de muitos outros que, talvez, não estejam propriamente ligados ao seu negócio. Por exemplo, suponhamos que você tenha um e-commerce, você precisa obrigatoriamente ter um caminhão para entregar seus produtos? Não necessariamente, você pode terceirizar esse serviço. Então, também é possível recorrer a provedores externos para fornecer recursos à sua empresa.

O gerenciamento de recursos no planejamento estratégico

É importante ressaltar que o gerenciamento de recursos deve ser pautado por políticas e métodos da organização e, acima disso, deve ser aderente às estratégias da empresa. Para isso, o SGQ da sua organização deve ter processos que visem fornecer, alocar, monitorar, avaliar, otimizar, manter e proteger os recursos da sua organização.

O gerenciamento de recursos deve fazer parte do seu planejamento estratégico. Quais recursos você pretende desenvolver, quais são necessários adquirir ou terceirizar? Tudo isso vai contribuir para sua empresa entregar as saídas que se dispõe a entregar e para ela ser mais competitiva no mercado.

Também é importante saber que esses recursos não são eternos, e nem estou falando só do fato de eles acabarem. As demandas organizacionais mudam muito rápido, o que é necessário hoje, não é amanhã, e alguns dos recursos que você tem agora (tecnologia, por exemplo) podem se tornar obsoletos em alguns meses. Por isso é necessário monitorá-los.

7.1.2 Pessoas

Mesmo que sua empresa conte com altos níveis de automação, as pessoas ainda serão o maior recurso que ela tem!

Primeiro porque elas sempre serão necessárias, a não ser que queiramos viver no mundo do Exterminador do Futuro, onde as máquinas tomaram conta da humanidade. As pessoas executam tarefas, controlam a máquinas, organizam as coisas e fazem todos os processos acontecerem.

E segundo, e mais importante, porque é a capacidade criativa e empresarial, a tomada de decisões e a capacidade de se relacionar das pessoas é que impulsionam o sucesso das organizações, empresas incríveis são aquelas que tem pessoas incríveis trabalhando nelas!

Por isso a ISO estabelece que você precisa determinar e fornecer as pessoas necessárias para implantar o SGQ e para monitorar e controlar os processos dele.

7.1.3 Infraestrutura

Ter os melhores profissionais à disposição é essencial, mas não é o suficiente. Essa é fácil de entender, se você contratar o melhor pedreiro da cidade para construir uma casa, mas dar a ele os piores materiais de construção que existem no mundo, a casa também será a melhor da cidade? É obvio que não.

Assim, a organização precisa “determinar, prover e manter a infraestrutura necessária para a operação de seus processos e para alcançar a conformidade de seus produtos e serviços”. Ainda segundo a própria norma (em nota), estão inclusos na infraestrutura:

  1. edifícios e utilidades associadas;
  2. equipamento, incluindo materiais, máquinas, ferramentas, etc. e software;
  3. recursos para transporte;
  4. tecnologia da informação e de comunicação.

 

Podemos dizer que os 3 primeiros tópicos do requisito 7 abordam aspectos mais concretos da organização, preocupando-se com aspectos físicos, como a falta de material ou de mão de obra, e em como eles afetam a conformidade do produto e a satisfação do cliente.

A provisão de recursos é certamente fundamental para qualquer organização, entretanto, nem sempre recebe a atenção necessária. É comum que essa discussão só ocorra no dia a dia, quando a falta de insumos, por exemplo, prejudica a produção.

É preciso que os recursos sejam planejados, contados, analisados e, com isso, potencializados da melhor forma possível, seja para garantir a produção, para gerenciar riscos ou para aproveitar oportunidades.

 

Temos falado bastante de ISO 9001:2015 aqui no Blog, e é muito importante saber se nossos conteúdos estão realmente sendo úteis para você. Então, comenta aí o que achou do artigo? 🙂

 

Leia todos os artigos do Blog da Qualidade sobre ISO 9001:2015!

Autor

Comentários

Posts relacionados

4-3-determinando-o-escopo-do-sistema-de-gestao-da-qualidade-parte-1
← Post mais recente
ISO 9001:2015 – 4.3 Determinando o escopo do sistema de gestão...